Amijitsu na escola

O Amijitsu é uma arte marcial integrativa, não violenta, voltada para a formação global do indivíduo.

A proposta é trabalhar não apenas as habilidades e capacidades corporais, mas também buscar o desenvolvimento sócio-psico-emocional dos estudantes, através da utilização do Amijitsu. Com a prática, exercitando a integração corpo-mente-emoções, podemos atuar na Educação dos praticantes que vão desfrutar melhor da qualidade de vida e da cidadania.

O resgate do perfil educativo das artes marciais mostra que podemos utilizá-las junto com outros recursos, propondo estratégias para fazer face às lacunas existentes nas disciplinas escolares.

Historicamente, as artes marciais nada têm a ver com o conceito social e padrão de violência atual. O Amijitsu, em sua criação, foi estruturado por uma filosofia de harmonia, alicerçando seus movimentos e práticas no princípio SABENS, sigla que possui um significado especial. De modo simplificado: S de saúde – todas as técnicas devem fazer bem a saúde do praticante; A de agradabilidade – eliminar os movimentos desagradáveis; B de boa utilização, mostrando que uma técnica é feita para imobilizar e neutralizar o ataque, nunca para ferir, machucar ou eliminar o parceiro; E de eficiência, devendo as técnicas serem eficientes como defesa; N de não-violência; e, por fim, S de simetria, significando que todos os movimentos são feitos igualmente de ambos os lados, impedindo que o corpo venha se descompensar com a prática.

O método de ensino do Amijitsu aperfeiçoado durante as aulas, vem oferecendo resultados excelentes, mostrando-se ferramenta válida para compor novo modelo pedagógico que fornece aos alunos conceitos e valores sugestivos como: respeito a diversidade e aos mais velhos; trabalho em equipe; obediência a normas de comportamento no ambiente escolar e no doméstico; organização; participação ativa nas tarefas do grupo; coordenação e reconhecimento corporal; prática de
meditação em busca de tranquilidade e do conhecimento interior; equilíbrio emocional em situações de perigo; além de ensinar o praticante cair bem e a se defender.

 

TOP
BrazilGerman